BALANÇO de 2010 (mais vale tarde que nunca)
06 Janeiro de 2011 | 17:05
Colocado por: eugenio queiros
 

O ano que passou esteve longe de ser um ano exaltante, tirando o facto de o Benfica ter sido campeão.

O país afundou-se na crise, o tabaco subiu 3 vezes, a gasolina 13, Portugal foi eliminado pelo campeão do mundo mas (mais importante) eliminou de vez Carlos Queiroz, José Mourinho foi de novo campeão da Europa, Fábio Coentrão foi pai e casou, a Ana Lourenço continuou a entesoar os portugueses, José Castelo-Branco anunciou que vai mudar uma coisa que desconhece, os Gato Fedorento não fizeram qualquer programa mas ganharam bastante em publicidade, morreu José Saramago mas Lobo Antunes não (já é sina ser ultrapassado), José Couceiro renasceu como gestor desportivo, Carlos Freitas deu a sua segunda entrevista, Pinto da Costa assumiu o romance com mais uma brasileira, Luís Filipe Vieira despediu a águia Vitória e o respectivo tratador depois de verificar a impossibilidade técnica de ser ele próprio a protagonizar o famoso voo na direcção do naco de bife, José Eduardo Bettencourt acabou por não frisar o cabelo, António Oliveira deu uma entrevista a anunciar-se como próximo presidente do FC Porto, Vítor Baía saiu de fininho da estrutura do FCP, José Mourinho ficou a conhecer mais um clone, BnA mergulhou nos confins do Inferno, o seu autor licenciou-se finalmente em arqueologia depois de ter garantido a sua fossilização profissional, os programas de paineleiros continuaram a arranjar tachos, Jorge Jesus começou finalmente a aprender uma língua viva (inglês), Paulo Bento não foi para o FC Porto mas Moutinho foi, Nuno Gomes mantorrizou-se, o Boavista não acabou, o Salgueiros subiu de divisão, Aprígio Santos e João Bartolomeu continuam à frente de clubes nacionais, Rui Alves e Carlos Pereira de insulares, Gilberto Madaíl deu uma entrevista em Guantánamo na despedida do Mundial e a Ana Gomes não protestou, Pimenta Machado esteve quase a regressar ao activo mas arrependeu-se e continua a dedicar-se à agricultura biológica, Hermínio Loureiro foi tratar da vidinha para Oliveira de Azeméis, Ricardo Costa passou a poder comer tranquilamente na cantina da Universidade de Coimbra, António Boronha consagrou-se como blogguer campeão, Hugo Cadete prometeu pagar uma francesinha a João Gobern...

Enfim, 2010 foi um ano quase entediante. 2011 começou há pouco e confesso que foi com esforço que me recordei do ano que passou.

 
Tags: , , , , , , , , ,
 

Os comentários estão reservados para Utilizadores Registados.




PUBLICIDADE

Pesquisa

Sobre este Blog

Bola na Área está online desde 2004, depois de ter sido criado por um grupo de jornalistas da área do desporto. Hoje funciona em registo "one man show" no site de Record, tendo atingido em agosto de 2014 o seu recorde mensal de visualizações (328.021). O seu autor iniciou a profissão ainda na década de 70, como colaborador desportivo de "O Comércio do Porto" e "O Norte Desportivo", e passou por diversos jornais e revistas: "Gazeta dos Desportos", "Correio da Manhã", "Jornal de Notícias", "24 Horas", "A Bola", "Record", "Querido Inimigo", "Mundial" e "Doze".

Autor

» Bola na Área
 Eugénio Queirós

Nasceu em Matosinhos, fez o os estudos secundários na Escola Secundária Augusto Gomes, frequentou o Centro de Formação de Jornalistas do Porto e é licenciado em Arqueologia pela Faculdade de Letras do Porto. É sócio do Leixões, do Orfeão de Matosinhos e do Grupo Desportivo Aldeia Nova. É pai de uma sportinguista.

Siga o autor no

Arquivo

Outros Blogs Record

» Blog do Magalhães
por António Magalhães

» Campo Novo
por Nuno Farinha

» Lado B
por Bernardo Ribeiro

» Olhos de ver
por Luís Avelãs

» Mercado Aberto
por João Rui Rodrigues

» Futebol e Algo Mais
por Luís Pedro Sousa

» Semanada
por António Varela

» Honores Liga
por Miguel Amaro

» Mafarrusco
por Paulo Renato Soares

» Entrada a pés juntos
por João Seixas

» Cláudia Futsal
por Cláudia Marques

» Paixão Internacional
por Hugo Neves

 
SSO LOGIN