Benfica perdeu tempo e dinheiro
09 Agosto de 2010 | 17:48
Colocado por: João Rui Rodrigues
 

A escassos dias do começo do campeonato e já com um título perdido para um rival direto, o Benfica procura a toda a velocidade reforços capazes de fazer esquecer Di Maria e Ramires. Num clube que nos últimos anos tem começado a aprender a trabalhar atempadamente no mercado, esta situação só prova que nas últimas semanas a SAD benfiquista trabalhou mal, uma vez que as saídas de Di María e Ramires eram mais do que previsíveis. O argentino porque se tratava do jogador com mais mercado de todo o plantel e o brasileiro porque, logo na altura da contratação ao Cruzeiro, os dirigentes encarnados sabiam que dificilmente iriam contar com o médio mais que uma temporada, até por obrigações estabelecidas com as parcerias financeiras que permitiram garantir a aquisição do internacional canarinho. Para a esquerda foi comprado Gaitán por 8,4 milhões mas assume-se agora (depois de avanços e recuos) que o argentino não tem características capazes de fazer esquecer o compatriota agora no Real Madrid. Jesus ainda pediu Leto- este sim um extremo de jogar à linha- mas o interesse esfriou e mais de um mês depois o problema continua por resolver. Mas as “culpas” não se podem acarretar unicamente aos dirigentes benfiquistas. Se pediu e deu o aval à contratação de Gaitán, Jesus devia ter pensado em como encaixar o ex-jogador do Boca Juniors. O técnico encarnado ainda testou um novo esquema táctico (4x3x3) que beneficia mais os atuais jogadores com que conta mas de repente, e logo na Supertaça, voltou ao 4x4x2 que adoptou em toda a época passada e com os resultados que se viram. No meio de tudo isto, o Benfica perdeu tempo e dinheiro, com as verbas gastas em contratações a poderem atingir esta época a histórica fasquia dos 40 milhões de euros.

 
Tags: , , , ,
 

Comentários

# semclubites disse em 09-08-2010 às 19h32

Caro João Rui Rodrigues,

Embora este seu post seja sobre o Benfica, queria dar-lhe conta de um outro comentário que deixei no blog do seu colega Bernardo Ribeiro. Isto porque me referi a si nesse comentário:

Precisamente sobre a formação, e crendo que ainda está por ser feito, estava a pensar sugerir ao João Rui Rodrigues um artigo comparativo dos negócios feitos nos últimos 10 anos por clubes de vocação formadora... Mais exactamente um comparativo entre o Sporting e clubes como por exemplo o Ajax e o Nantes. Fica a sugestão.

Outra questão paralela será: até que ponto os jovens formandos, de 17 e 18 anos, pertencem realmente aos clubes e não aos empresários que exploram os seus contratos profissionais e carreiras?

É triste que o Sporting, como diz (Bernardo Ribeiro) e bem, mate a política de formação. Mas acho que outra solução dificilmente será viável enquanto o modelo (actual) do Barça não servir de exemplo à maior parte dos grandes clubes europeus. Uma maior aposta na formação, por parte dos grandes clubes, evitaria que continuassem a servir-se do trabalho de formação feito por outros com menos recursos financeiros. Mas que clubes se prestam a seguir o modelo do Barça? É preciso não esquecer que, ainda há bem pouco tempo, o próprio Barça era praticamente todo feito de jogadores feitos no Ajax, de brasileiros recrutados em campeonatos europeus menores e (até) de alguns portugueses...

Aguardemos para que modelo e que futebol vão dominar a próxima década, que começa em 2011 e não em 2010 como fazem crer ao mundo alguns americanos burros (os americanos inteligentes são pouco ouvidos por cá).

Quanto ao Ajax: desde que a pilhagem começou (mais ou menos 96/97):

Só por duas vezes o Ajax foi campeão holandês... Não consegue montar uma equipa forte... Não ganha o título desde 2003/2004 !!!! --- é preciso que se recue até aos anos 50, do século passado, para encontrar outro tempo em que o Ajax ficou mais de cinco anos sem ganhar o campeonato holandês...

Pergunto-me: formação para quê?? Isto é: ou bem que, tal como o Barça, se pode dar aos meninos salários ultra-milionários e eles vão ficando ou dando-lhes salários milionários eles fazem birra e soltam da trela os empresários porque querem os tais salários ultra...

um abraço

# pedromiguelslb disse em 09-08-2010 às 20h21

Sinceramente e apesar de nao gostar de perder,mas a supertaça vale o que vale! O chelsea perdeu 3 1 com o m.united e pelo que li nao houve drama algum! Foi apenas um jogo em que nada correu bem!

PS-Nenhum plantel de nenhum clube europeu tem o plantel fechado,logo o benfica nao é excepçao!

# gafanhoto disse em 09-08-2010 às 22h50

Vamos a ter calma, ainda agora começou, aliás, o ano passado também não começámos com vitória, se bem me lembro...

# joe1 disse em 09-08-2010 às 23h42

Nunca me passou pela ideia que a derrota do Benfica tivesse deixado tantas marcas nos seus adeptos. 6 horas depois do artigo colocado pelo jornalista aparecer apenas existe 1 comentário de um adepto do Benfica!!!!

# Blue Eyes disse em 09-08-2010 às 23h44

É bem verdade caro JRR. De há 15 anos a esta parte que o benfica (clube) vem perdendo tempo e dinheiro. O Passivo Acumulado já ultrapasa os 530 Milhões.

Entretanto os Damásios, os Vales, Vilarinhos, Vieiras viram as suas contas aumentarem.

# PMRS disse em 10-08-2010 às 11h11

Bom dia João,

Um questão se for possível!

Circulam uns rumores de uma oferta de Izmailov ao Benfica e que estaria Makukula envolvido no negócio! Segundo se diz o Benfica teve dúvidas quanto ao joelho do Russo o que terá invalidado o negócio! Sabe alguma coisa do assunto?

Abraço

# SkyIsBlue disse em 10-08-2010 às 11h19

Na minha opinião, se é verdade que o SLB/Jesus anda a procura de dois "clones" do Ramires e do Di Maria, mostra um Jesus mais limitado em termos tácticos de que seria de esperar! Será que a "formula ganhadora" que criou só resulta com determinados jogadores, ou o treinador tem capacidade de reconstruir (que não é o caso pois só perdeu dois jogadores) e criar uma equipa ganhadora? Outra questão é sabendo que Ramirez e Di Maria são tão importantes para a equipa, porque não vendeu outros jogadores mais fáceis e baratos de substituir, por exemplo centrais? Será que lá para os lados da luz ninguém pensou nisto? Ou pensaram, mas avaliaram mal?

Ainda sobre a super taça, o FCP ganhou por foi melhor em toda a linha. Aliás nota-se pela maneira como o porto ganhou que a vitória não fez mossa pelo resultado, mas pela atitude, domínio e pela forma como vulgarizou o SLB. Nota-se nos Benfiquistas no modo desconfortável e sem querer entrar em pormenores de analise ao jogo, o impacto que a derrota causou. Para não falar na corrida em pânico ao mercado Brasileiro.

A expressão de impotência de Jorge Jesus, enquanto masca uma pastilha elástica, resume o que foi o SLB.

Para finalizar, em Inglaterra também vi jogar uma "supertaça" de estádio cheio de adeptos vibrantes e com o clube ganhador a comemorar com enorme a alegria e festa na vitória. O desdém do tipo "a supertaça vale o que vale", mostra desde logo a azia que provocou a perda de tal "insignificante supertaça"!   Ou será mais importante o Torneio Guadiana Ou a Taça Eusébio? Mas cada um sabe das suas prioridades, especialmente quando se diz alto e bom som que esta época seria para ganhar tudo que era competição oficial? Uma já foi ...

# Jose F. Carneiro disse em 10-08-2010 às 12h41

Penso que globalmente o Benfica tem melhor equipa que o Porto, mas fez um mau jogo com o Porto, para quem o jogo era de vida ou morte por razoes que nao importa aqui explicar. Mas a verdade vai vir ao de cima. O Benfica necessita ajustamentos ? Claro que sim, assim como o Porto. As limitacoes do Porto ja se viram neste comeco antes do Benfica. Com o Benfica correu-lhes tudo bem e o Benfica nao fez muito por isso. Mais tarde falaremos Sr. Rui Rodrigues.

# Carlos F. B. Inocêncio disse em 10-08-2010 às 13h15

Curiosidades! Basta uma derrota do Glorioso para que todos os colunistas deste jornal, numa ázafama medonha, venham logo criticar e dizer que tudo estámal! Então e o Porto não anda à procura de um central, quando já sabia, desde o verão passado que perderia Bruno Alves??? E o Sproting não continua à procura de reforços, mesmo sabendo`á largos meses que precisava deles??? Não, só o Benfica é que perdeu tempo! Só não percebo é porque não se lembrou disso no ínicio de Julho, pelo menos sempre podíamos encarar a sua "opinião" como construtiva, pois seria um alerta importantíssimo!

# Jose F. Carneiro disse em 10-08-2010 às 18h19

Para os ainda AZIADOS do Porto: Qual e diferenca entre ganhar a supertaca por 2-0 e perder a Taca da Liga por 3-0, onde o Porto tambem ai foi vulgarizado, ja que poderia ter sido 4 ou 5.

# Jose F. Carneiro disse em 10-08-2010 às 18h26

Senhor Rui Rodrigues, se o Benfica perdeu tempo e dinheiro porque vendeu 2 e comprou 2, que dizer do Porto o ano passado que comprou 8 e desculpem-me a ironia so comprou porcaria, que resultou na perda do campeonato, e regalado para a terceira posicao, pois nem conseguiu ultrapassar um modesto Braga, que tem metade do orcamento do FCP. Porque nao culpabilizar PC pelo insucesso ?

# Gonçalo Ribeiro disse em 10-08-2010 às 19h51

Para já o unico erro que se cometeu,(Jesus) foi ter mudado para o 442, quando a equipa vinha a jogar em 433 e com bons resultados. O resto foi uma vitória justa do Porto. Continua-se a destacar o que o Benfica não fez em vez de se destacar o que o Porto fez e bem.

Depois queixam-se dos comentários do Blue.

Não vale a pena falar os que os outros clubes fazem ou deixam de fazer. O Benfica é que interessa. Perder dinheiro com Jara? E o James Rodrigues, Walter, que vão passar a época no banco?? Isto não é dinheiro perdido?

O ano passado era o ano da MORTE e deu em campeonato. Por este caminho, vamos ter 1 ano igual...

# Gonçalo Ribeiro disse em 10-08-2010 às 20h01

Ricardo Carvalho no real madrid

# Gonçalo Ribeiro disse em 10-08-2010 às 20h16

Fui 2 minutos mais rápido a anunciar o R Carvalho que o Site do Record

# João Rui Rodrigues disse em 10-08-2010 às 20h22

Gonçalo, beneficiou da técnica...

# Gonçalo Ribeiro disse em 10-08-2010 às 20h35

João, entrei forte á jogada. Já o Real....

Uma contratação tipica do MOU. Jogadores para ganhar hoje, mesmo que amanhã seja velho

# pedromiguelslb disse em 11-08-2010 às 01h19

O benfica perdeu tempo e dinheiro? As avaliaçoes nao se fazem em agosto. Ainda é muito prematuro!

# Ricardo César disse em 11-08-2010 às 02h31

Acho que este é o Post mais precoce que já vi nos últimos tempos..  O sr João Rodrigues esquece-se das épocas lastimáveis que fez Di Maria, antes desta última? O sr. João Rodrigues esquece-se que nem todos os atletas têm o mesmo tempo de adaptação que os outros? No meio disto tudo Ramires foi a excepção à regra que, embora já vindo com alguma preparação, conseguiu fazer a época que fez e ir parar ao Chelsea ( vendido sobre pressões financeiras externas ou não). Não falo como benfiquista, falo sim como adepto atento do futebol. Caso queira um exemplo " não benfiquista" recordo-lhe de Lisandro Lopez. A primeira época no FCP foi uma sombra do que se veio a revelar nas épocas seguintes. Cá está aquele factor TEMPO que se esqueceu de referenciar no seu post. Ainda a missa agora começou e já dizem que o padre não a acaba. O FCP ganhou porque jogou melhor. Na época passada quando o Porto foi jogar à Luz, mal passou do meio campo e o resultado só não foi mais dilatado por obra por acaso. Na taça da Liga levaram 3 secos e mais uma vez foram completamente anulados. 2-0 até nem é assim nada por aí além se tivessem sido uns 4 aí sim. Na minha opinião de treinador de bancada o que se passou agora foi o resultado de excessivos jogos de preparação. A meio da semana joga-se uma Taça Eusébio, com uma Supertaça a jogar-se 4 dias depois. Não basta ser um início de época, para jogadores como Carlos Martins e Aimar que precisam dum tempo considerável  para recuperar, o jogo de Sábado foi a morte. Viram-se as prestações de ambos. Este Jara e o Gaitan ainda vão dar que falar e fico atento e curioso para que o Sr.João Rodrigues tem para dizer no final. O único desperdício de dinheiro, a meu ver, foi despachar o Quim,ir buscar o Roberto pela módica quantia de 8,5M, e achar o Eduardo que era metade do preço, muito caro.

# Emanuel disse em 11-08-2010 às 11h18

João Rui Rodrigues, não sabe quanto custou o Rodrigo e o Alípio?

# João Rui Rodrigues disse em 11-08-2010 às 17h46

Ricardo

Concordo com algumas das coisas que diz, mas penso que interpretou mal o post. Quando digo que desperdiçou tempo e dinheiro refiro-me essencialmente a duas coisas: as saídas de Di María e Ramires já estavam perspectivadas pela SAD pelo que se devia ter avançado para a busca de sucessores há mais tempo. O Benfica não foi apanhado desprevenido com estas saídas, portanto não há razão para este ataque desesperado agora ao mercado. Aqui é o TEMPO. Quanto ao DINHEIRO, referia-me sobretudo à compra de Gaitán (8,4) e Jara (5,5) de dois jogadores para a mesma posição, ou seja, o lugar de Saviola. Na Argentina, os dois jogavam naquele lugar ao lado de um ponta-de-lança mais fixo e foi assim que deram nas vistas. E são dois belissímos jogadores.

Abraço

# brandaof disse em 08-12-2010 às 12h15

Filipe Brandão

Caro João Rodrigues

Este seu Post ainda está actualizado em Dez 10.Agora com a eliminação na Champions e com prestações irregulares na Liga o Benfica actual é uma sombra da época passada.O responsável?! O treinador são muitos os erros.

Os comentários estão reservados para Utilizadores Registados.




PUBLICIDADE

SIGA-ME EM...

Pesquisa

Sobre este Blog

Por aqui o mercado de transferências não tem data de encerramento e haverá movimentações 24 horas por dia. Jogadores, valores emergentes em Portugal e no Mundo, contratações, interesses, rumores e o dinheiro que está em jogo num futebol cada vez mais industrializado onde há muito deixou de prevalecer o amor à camisola. Um espaço de discussão e ideias onde haverá sempre lugar ao contraditório.

Autor

» Mercado Aberto
por João Rui Rodrigues

 Jornalista desde 1995, iniciou a carreira profissional aos 19 anos no Jornal do Barreiro, acumulando trabalhos na área do Desporto com a frequência do curso superior de Comunicação e Jornalismo. Seguiu-se o ingresso no diário desportivo O Jogo em 1997, onde começou a dar sequência à paixão pelo mercado de transferências. Um ano e meio mais tarde aceitaria o convite do Record onde permaneceu dois anos. Voltaria em 2002, com passagens pela revista FutebolMania (chefe de redacção) e pelo diário 24 horas (editor). Actualmente é editor-chefe do Record

.

Outros Blogs Record

» Blog do Magalhães
por António Magalhães

» Campo Novo
por Nuno Farinha

» Lado B
por Bernardo Ribeiro

» Olhos de ver
por Luís Avelãs

» Quinta do Careca
por Alexandre Pais

» Futebol e Algo Mais
por Luís Pedro Sousa

» Semanada
por António Varela

» Honores Liga
por Miguel Amaro

» Entrada a pés juntos
por João Seixas

» Bola na Área
por Eugénio Queirós

» Cláudia Futsal
por Cláudia Marques

» Paixão Internacional
por Hugo Neves

 
SSO LOGIN